Impressão 3D de micro estruturas de metal Pesquisadores da Universidade de Twente (Holanda) desenvolveram uma técnica para imprimir em 3D estruturas de cobre e ouro

Imagem: Universidade de Twente

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Twente, na Holanda, desenvolveram um novo método de impressão 3D capaz de imprimir estruturas metálicas feitas com cobre e ouro. A técnica consiste em empilhar minúsculas gotículas de metal, produzidas pelo derretimento de um fino filme de metal provocado por um laser pulsante.

A relação entre diâmetro e altura do nanopilar é de 1:400. [Imagem: Claas Visser et al. - 10.1002/adma.201501058]
A relação entre diâmetro e altura do nanopilar é de 1:400. [Imagem: Claas Visser et al. – 10.1002/adma.201501058]
A técnica é promissora e ataca de frente um problema atual: ainda que a impressão 3D se desenvolva a largos passos, podendo gerar uma nova Revolução Industrial, atualmente, ela está limitada a trabalhar com um único material: o plástico (mas também existe uma impressora 3D de comida). Desenvolver técnicas para usar metais em impressoras 3D abriria um novo leque de possibilidades para produção de novos equipamentos e componentes.

O maior problema de trabalhar com metais é que eles derretem a temperaturas muito altas, fazendo com que a deposição controlada de gotículas de metal um grande desafio. Máquinas que possam suportar altas temperaturas são necessárias para processar metais líquidos, mas não são muito acessíveis. E para pequenas estruturas em particular (de 100 nanômetros a 10 micrômetros), ainda não havia nenhuma solução para este problema – até agora.

Imagem: Universidade de Twente
Imagem: Universidade de Twente

O que os pesquisadores da Universidade de Twente fizeram consiste em usar um laser para derreter ouro e cobre em gotas de alguns micrômetros e depositá-las de maneira controlada. O laser é apontado para um fino filme de metal, que derrete localmente, gerando a gota, que então, é depositada sobre o substrato. Quando esta gota se deposita no substrato, deforma-se até adquirir a forma de um disco e então se solidifica. Este formato é essencial para a impressão 3D do metal: permite que as gotas se liguem firmemente umas às outras, garantindo estabilidade à estrutura. Desse modo, os pesquisadores foram capazes de imprimir micro-pilares com uma altura de 2 milímetros e um diâmetro de 5 micrômetros.

Ainda existe um problema que os pesquisadores precisam resolver: devido à alta energia produzida pelo laser utilizado, as gotas se espalham para além da área desejada. No momento, este efeito ainda não pode ser prevenido, mas a equipe continuará estudando e aperfeiçoando esta técnica.

Com informações de Universidade de Twente

Douglas Moura

Fundador do Engenharia Livre, engenheiro civil e programador. Procuro sempre compartilhar as melhores informações do mundo da Engenharia.
Deixe um comentário em Impressão 3D de micro estruturas de metal Pesquisadores da Universidade de Twente (Holanda) desenvolveram uma técnica para imprimir em 3D estruturas de cobre e ouro