Por que mais de 20 mil bolinhas foram despejadas no reservatório de água de Los Angeles?

Nesta segunda (10), Eric Garcetti, prefeito de Los Angeles, despejou 20 mil bolinhas de plástico no reservatório de Los Angeles. Chamadas de “bolas sombra”, sua função é diminuir a evaporação da água durante a seca e manter a qualidade da água, evitando a proliferação de algas e prevenir a formação de bromato no reservatório, um elemento químico cancerígeno, formato a partir de uma reação química ocorrida pela incidência de raios solares na água do reservatório que contém brometo naturalmente. O problema é tão sério que em dezembro de 2007, o Departamento de Águas e Energia de Los Angeles (LADWP) anunciou a drenagem dos reservatórios Silver Lake e Elysian devido à contaminação por bromato. Cerca de 2,3 milhões de metros cúbicos de água contaminada foram descartados ao longo de 4 meses de descontaminação dos reservatórios.

bolinhas

Los Angeles é a primeira cidade do mundo a utilizar esta técnica para garantir a qualidade da água e reduzir sua evaporação. A cidade afirma que as bolinhas são capazes de reduzir a evaporação de até 1,14 bilhões de litros de água por ano, o suficiente para abastecer 8100 pessoas com água potável durante um ano inteiro.

No total, foram despejadas 96 milhões dessas “bolas sombra” no reservatório de 760 mil metros quadrados, com capacidade de armazenas até 12,5 bilhões de litros de água.

Douglas Moura

Fundador do Engenharia Livre, engenheiro civil e programador. Procuro sempre compartilhar as melhores informações do mundo da Engenharia.
Deixe um comentário em Por que mais de 20 mil bolinhas foram despejadas no reservatório de água de Los Angeles?