Soldagem em madeira?

Soldagem é um processo muito comum na indústria para unir metais ou termoplásticos de maneira permanente. Mas este processo só pode ser usado em metais ou termoplásticos certo? Errado. Um acidente no laboratório da Universidade do Tennessee surpreendeu os pesquisadores e pode ter grandes implicações na indústria da madeira.

O “acidente”

No laboratório, os pesquisadores estavam utilizando uma máquina de fricção linear para soldar duas peças de plásticos. Basicamente, essa máquina vibra uma das peças, enquanto a outra fica parada. Com o calor gerado pela vibração, elas se juntam. Ambas as peças plásticas ficam apoiadas em pedaços de madeira.

Um dos técnicos esqueceu de colocar as peças de plásticos e ligou a máquina, e o resultado foi surpreendente:

Desde o acidente, uma equipe de pesquisa da universidade está aperfeiçoando a técnica para usar máquinas de soldagem mecânica para “soldar” madeira.

A técnica é conhecida como “soldagem mecanicamente induzida de fluxo de madeira” e produz ligações de alta resistência em segundos, sem o uso de qualquer adesivo. O processo consiste em comprimir as duas peças de madeira (0,4 a 2,27 MPa). Enquanto uma peça permanece parada, a outra se move menos de 2 milímetros para cada lado 200 vezes por segundo. Esta mesma técnica é utilizada para combinar duas peças de titânio, o que em geral é feito com um movimento rotativo ao invés de linear, como mostrado no vídeo abaixo:

Por enquanto, os pesquisadores ainda não podem explicar completamente como o fenômeno ocorre. Eles acreditam que a estrutura celular da madeira derrete e forma uma matriz desconhecida que resfria em uma junção estável, uma característica de um único objeto fundido. Durante o processo de fusão, madeira carbonizada é expelida, mostrando que uma parte dela queima quando a fricção começa.


Via: University of Tennessee, Hack a Day e Geek.

Douglas Moura

Fundador do Engenharia Livre, engenheiro civil e programador. Procuro sempre compartilhar as melhores informações do mundo da Engenharia.
1 comentário em Soldagem em madeira?