UNESCO inaugura centro internacional para ensino de engenharia em Pequim Centro irá encorajar pesquisa de alto nível e beneficiará países em desenvolvimento através de uma cooperação ampla

Sob o patrocínio da Organização Educacional, Científica e Cultural das Nações Unidas (UNESCO, em inglês), foi inaugurado, nesta segunda-feira, um centro
internacional para o ensino de engenharia na Universidade Tsinghua, em Pequim. O objetivo é fomentar a pesquisa e cultivar talentos em engenharia de alto nível em países em desenvolvimento e auxiliar os governos a promover a inovação e melhorar a colaboração entre a indústria e as universidades. Segunda Irina Bokova, diretora geral da UNESCO:

Hoje em dia, a engenharia é vital para todos os países, especialmente para o mundo em desenvolvimento, que enfrenta desafios consideráveis que requerem toda a criatividade e inovação que a engenharia pode reunir.

– Irina Bokova, diretora geral da UNESCO

E mais: É por isso que a engenharia deve estar no centro de todos os esforços para fazer avançar a Agenda de 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e o Acordo de Mudança do clima de Paris

O professor Zhou Ji, presidente da Academia Chinesa de Engenharia afirma que a engenharia contribui para o desenvolvimento econômico e social conectando as descobertas científicas com o progresso industrial. A experiência da China prova que ciência e tecnologia é a chave para este progresso e educação é a sua fundação.

Também afirmou que, através do centro, a China irá compartilhar sua experiência de educação em engenharia com os países em desenvolvimento de modo a implementar a Agenda de 2030.

A Universidade de Tsinghua tem uma longa tradição de inovação, cooperação internacional e do cultivo de talentos de primeira classe em ciência, tecnologia e engenharia, conforme descrito pelo seu Presidente, Professor Qiu Yong. “Muitos países lançaram estratégias de desenvolvimento industrial que proporcionam oportunidades históricas para o ensino de engenharia”, disse o professor Qiu. “Mas a educação de engenharia enfrenta muitos desafios, tais como a forma de atrair os jovens, como cultivar engenheiras, como garantir alta qualidade e equidade, e como treinar engenheiros nos países em desenvolvimento, especialmente na África.”

Ele afirmou que “o Centro irá fornecer uma plataforma para aumentar os intercâmbios e a formação em engenharia antecedência em todo o mundo para o benefício de um futuro melhor para a humanidade.”

Fonte: UNESCO

Douglas Moura

Fundador do Engenharia Livre, engenheiro civil e programador. Procuro sempre compartilhar as melhores informações do mundo da Engenharia.
Deixe um comentário em UNESCO inaugura centro internacional para ensino de engenharia em Pequim Centro irá encorajar pesquisa de alto nível e beneficiará países em desenvolvimento através de uma cooperação ampla