Vamos falar de combate a incêndio?

Atualmente incêndios não tem sido casos raros em nosso país. O último
grande incêndio brasileiro, ocorrido em setembro de 2018 no Museu Nacional do Rio de Janeiro, queimou 200 anos de história e em torno de 18 milhões de itens. E não raramente presenciamos incêndios em grande ou pequena escala.

Equipamentos de combate à incêndio

A discussão a respeito desse tema precisa ser fortalecida, pois o desconhecimento das leis não te exime de cumpri-las e de ser responsabilizado pela falta de ações. Você sabe como proteger sua edificação? Você reconhece a importância de um projeto contra incêndio e pânico? Uma edificação protegida pode evitar grandes transtornos e principalmente salvar vidas.

O primeiro passo é chamar um profissional que possa te ajudar. Ele será o responsável pelo combate a incêndio de sua edificação. Te mostrará que há materiais específicos para evitar propagação de chamas. Como por exemplo: tintas específicas, portas corta chama, dutos, forros específicos e uma infinidade de materiais que podem ser usados a seu favor.

Você sabe o que é o AVCB e qual sua importância?

Extintores de incêndio são itens obrigatórios em edifícios

O AVCB – Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros – é um documento comprobatório de que sua edificação está dentro das exigências legais do Corpo de Bombeiros do seu estado. Este documento será emitido de acordo com a edificação e seu uso comercial.

Cruzam-se as informações de metragem quadrada da sua edificação com o uso destinado à ela. Por exemplo: uma edificação de 100,00 m2 que tem uso de comércio de roupas merece atenção diferenciada de uma edificação de
100,00 m2 que tem o uso de fabricação. A partir deste momento tem-se a
classificação do imóvel e quais os procedimentos necessários para obtenção do documento. Toda essa relação documental está disponível no site do corpo de bombeiros do seu estado.

Áreas grandes significam grandes aglomerações de pessoas. Precisando
assim de atenção diferenciada. Edificações maiores de 750,00m2 necessitam apresentar projeto técnico aprovado pela corporação. Nesse sentido, faz-se necessário um profissional técnico e responsável para auxiliá-lo.

Não hesite procurar por um profissional competente. “Se você acha que custa caro um bom profissional é por que você não sabe o preço do incompetente”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.